Cabe na mala?

Cabe na mala? Cabe tudo.

Uma mala, um avental, caixas de pano que viram tapetes e caixa de luz servem de cenário para histórias de Ana Maria Machado e Jutta Bauer. As crianças se sentam próximas aos contadores para acompanhar a trajetória dos bonecos de pano em seus cenários de sonho, luz e textura.

Ao som de uma canção, uma mala se abre e abriga as três primeiras histórias (da série Mico Maneco), que Ana Maria Machado criou como brincadeira de sílabas, apresentando os animais espevitados deste repertório: Mico Maneco, Mona Maluca, a Vaca, o Cavalo, Tatu Bobo, a Cutia, o Tucano, o Tico-tico.

Para o ‘Avental que o vento leva’, o contador de histórias veste um avental todo acolchoado para narrar as aventuras de Corina menina pelo mundo. Para o conto brasileiro ‘João Bobo’, três caixas de pano se abrem e se transformam em tapetes, revelando as divertidíssimas tolices de um personagem tão popular em nosso país.

Por fim, para ‘A rainha das cores’, da escritora alemã Jutta Bauer, foi fabricada uma caixa de luz (caixa de madeira com lâmpadas internas) que ressalta todas as cores lançadas sobre um cenário branco, costurado em preto, onde os narradores dão vida, música e cor às formas e personagens.

Histórias de Ana Maria Machado e Jutta Bauer
Para crianças a partir de 3 anos. Duração: 50 minutos.

Sessão de histórias intimista, para no máximo 60 crianças.

Condições Técnicas |  Espaço silencioso e fechado, para realização de teatro de sombras. / Iluminação ambiente / Sonoplastia ao vivo

Para ver o vídeo sobre esta sessão de história infantil, clique aqui.



Oba! Alguém comentou!

  1. Linda experiência! Trabalho muito especial! Gratidão plena!