Cadu Cinelli

Cadu Cinelli nasceu no Rio de Janeiro em 1979.

É ator, artista visual, contador de histórias e diretor teatral. Formou-se em Bacharel em Artes Cênicas – Interpretação na Escola de Teatro da UNI RIO em 2001, ARTES INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO pelo Instituto TEAR em 2011. Especialista em Psicologia Junguiana: Arte e Imaginário pela PUC RIO .

Desde 1998 integra o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, que ao longo desses anos tornou-se base de sua atuação e formação como artista.

Desde 2001 é um dos coordenadores do grupo, onde também atua como diretor teatral, ator, contador de histórias e artista visual. Com os Tapetes Contadores já se apresentou e ministrou oficinas em importantes festivais de narração e teatro, além de instituições culturais, sociais e educacionais no Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru, Nicarágua, México, Benin, Portugal e Espanha.

Atuou em espetáculos com direção de Vanessa Ballalai (Apaga-me os olhos posso ver-te | 2005), Tarak Hammam (Insônia | 2001), Joana Lebreiro (Dois perdidos numa noite suja | 1999) e Ana Luiza Magalhães (De amor e morte | 1999). Entre 2002 e 2004, coordenou ‘estudos de concerto para corpo e alma’ – projeto de criação e apresentação de performances com artistas de diversas áreas. Neste projeto, criou a performance solo ‘Pequena Epifania’ (2002-2004) com a qual se apresentou em diversos festivais, mostras e espaços culturais do Brasil, Argentina e Peru. Com Os Tapetes Contadores de Histórias atuou nos espetáculos O Rei que ficou cego (2006), Passarinho à toa (2009) e dirigiu e atuou no espetáculo 3HORIZONTES (2010). Com este ganhou o PRÊMIO FUNARTE DE TEATRO MYRIAM MUNIZ 2011. Desde dezembro de 2012 vem desenvolvendo com o ator e diretor teatral Fabricio Moser o espetáculo duo SOBRE DESVIOS.

Para sua formação como ator e como contador de histórias participou de oficinas com Joana Levi, Helena Varvaki, Marilena Bibas, Renata Rosas, Tarak Hammam (França) e Inno Sorsy (Inglaterra).

Como artista plástico ilustrou com Warley Goulart do livro “O Congo vem aí” (2006) de Sérgio Caparelli.

Em 2011 foi contemplado com a Bolsa Funarte de Circulação Literária para o projeto DA PALAVRA AO FIO em que se apresentou e realizou mediações nas cidades de São Francisco de Itabapoana (RJ), Milho Verde (MG), Serra Azul de Minas (MG) e Lençóis (BA). Com este projeto desenvolveu o site www.dapalavraaofio.com para documentação de todas as atividades realizadas.

Realiza curadoria de projetos relacionados a Narração de Histórias: desde 2010 com os projetos “Ciranda de Histórias” e “Dê uma leitura de presente” com a Coordenação do Livro e Leitura da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de janeiro; e a partir de 2012 com alguns dos projetos do COLETIVO GOURMET. Também é colaborador internacional da The Company of Common Sense (Reino Unido), capitaneado por Inno Sorsy, nos projetos Nasrudin Embroidered Tales e L’Art de la Liberté em Benin –(África) desde abril de 2012.

Desde 2009 é um dos oficineiros do programa Segundo Turno Cultural em que realiza e coordena as oficinas lúdicas de contos em escolas da rede municipal de educação do Rio de Janeiro.

Para conhecer mais sobre a história do grupo, clique aqui.



Que legal! 7 pessoas comentaram

  1. ANNA KAROLINA wrote:

    E É EXCELENTE PROFESSOR. AQUI NA E.M PAULA FONSECA SUA OFICINA É MUITO BEM ACEITA. PARABÉNS, CADU! ADORAMOS SUA OFICINA!!!!

  2. [...] coordenação de Cadu Cinelli e Warley Goulart, criamos e nos utilizamos de objetos (tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, [...]

  3. Mel wrote:

    Olá, Cadu amei conhecer você, sou fã de seu trabalho e quero você em nossa festa literária aqui em Campo Grande/RJ, sucesso sempre, bjks
    Melaine

  4. Name * wrote:

    Cadu, aqui na Creche Vila Kennedy começamos a confeccionar nosso próprio material, e adoraríamos de obter a história da “nuvenzinha que queria ser uma estrela”, como eu faço. Grande abraço, Bete Fazollo.