Shtim Shlim

SHTIM SHLIM – O Sonho de um Aprendiz é um espetáculo infanto-juvenil cuja história percorre toda uma grande instalação, composta por cinco espaços diferentes de atuação. Com temporadas realizadas no Brasil e exterior, a montagem ganhou os PRÊMIOS Melhor Espetáculo e Melhor Cenário pelo ZILKA SALABERRY  2016.

SHTIM SHLIM – O Sonho de um Aprendiz é um conto popular dos povos nômades do norte da África, da tradição berbere, que apresenta a trajetória de um jovem mago que parte em busca de sabedoria e acaba travando uma batalha com seu próprio mestre.  O aprendiz usa de astúcia, magia e coragem para vencer seu inimigo.  Para  transpor  o  conto  em  cena, o  grupo  convidou   Inno Sorsy (Londres-Gana) para a direção artística e a artista plástica Analu Prestes (Brasil) para a supervisão cenográfica.

A obra constitui um espaço-tempo específico que leva pequenos e grandes espectadores a uma situação de suspensão para engendrar conjuntamente outros mundos, numa instância de criatividade que será levada para suas vidas cotidianas.  A criança é convidada a ouvir a história percorrendo o cenário repleto de tapetes e grandes objetos confeccionados com tecidos coloridos.

Representando uma nova perspectiva sobre suas investigações artísticas de 20 anos de trabalho, o grupo Tapetes Contadores amplia a escala cenográfica, tomando o espaço da galeria como uma narrativa única e inteira, um espaço para “performar” ao lado do visitante-espectador que, desta forma, escuta, vê e vivencia a história.

Os componentes da instalação (uma árvore de tecido de 4 metros de altura, um galgo de 2 metros sobre um tapete de retalhos, uma cama de gato para ser atravessada pelos visitantes, entre outros), remetem às transformações do protagonista, e seu processo de aprendizagem, e portanto de amadurecimento.  Tais tecidos foram trazidos pelos integrantes do grupo em suas incursões pela África (Benin e Marrocos) e América do Sul (Peru e Brasil). Estes elementos criam relações e produzem sentido quando o publico contempla ou responde aos estímulos propostos pela instalação e se relaciona, também, na apresentação da performance, com os atores-narradores.

Shtim Shlim

Direção: Inno Sorsy

Dramaturgia: Os Tapetes Contadores de Histórias e Inno Sorsy

Atores: Cadu Cinelli, Edison Mego, Rosana Reátegui e Warley Goulart

Cenografia: Os Tapetes Contadores de Histórias

Concepção Cenográfica: Cadu Cinelli

Direção de Arte: Warley Goulart

Supervisão Cenográfica: Analu Prestes

Figurinos e Iluminação: Cadu Cinelli e Warley Goulart

Músicas e Paisagem Sonora: Serge Erège

Colaboração Dramatúrgica: Luciana Zule

Coordenador de Montagem: Iuri Wander

Fotos: Renato Mangolin

Duração 80 min.

Classificação Livre.

Recomendado para crianças a partir de 5 anos.

6 comentários em “Shtim Shlim

  1. Em 24/02, participei da performance com minha filha de 8 anos. Ela ficou maravilhada e eu encantada. Todas as sensações do espetáculo meu acompanharam por alguns dias. PARABÉNS por este lindo trabalho! Que possam alcançar muitas outras pessoas.

  2. Nós viemos de férias pro Rio no começo de fevereiro e assistimos a peça. Minha filha de 5 e eu amamos tb! Acho imprescindível que a trupe visite outros estados do Brasil, em especial Campo Grande, aonde moramos. Muito sucesso. Estimular criatividade das crianças nos tempos de internet, vídeo games e televisão, é uma dádiva!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.